Flor-monstro

A flor da Rafflesia arnoldi é uma das maiores do mundo, por isso é chamada popularmente de flor-monstro pelos habitantes da ilha de Sumatra, na Indonésia. Ela, que é uma parasita, não possui folhas e cresce na casca rachada de uma árvore. Uma de suas maiores característica é o odor de carne podre, que impregna o ambiente ao seu redor. Esse cheiro ruim aliado com as pétalas com aparência de couro atraem as moscas responsáveis por sua polinização.

Flor-dos-macaquinhos-dependurados

Em inglês, ela é chamada de “orquídea do homem nu”, porque suas pétalas lembram um homem com o pênis de fora. Ela cresce na região do mar Mediterrâneo e é muito procurada porque é de seu tubérculo é feita a farinha salepo – ingrediente essencial para fazer o doce chamado “prazer turco”. Essa flor também tem características afrodisíacas e propriedade homeopáticas – muita gente acredita que ela combate a diarreia. Infelizmente, ela é uma espécie ameaçada de extinção.

Flor-cadáver

Com cerca de 3 metros de altura, a flor-cadáver é uma das mais espetaculares do mundo. Ela é originária de Bornéu e floresce apenas a cada 10 anos! Para piorar, ela só fica aberta durante 12 horas e é muito – MUITO – fedida! Pessoas comparam seu cheiro ao de cocô humano, chulé e peixe podre. Eca!

Orquídea-garça

Originária do Japão, esta flor é uma das 27 mil espécies conhecidas de orquídeas e tem um formato que lembra uma garça, com suas pétalas brancas e franjadas. Ela corre risco de extinção porque seu habitat natural, os pântanos japoneses, está sendo destruído em prol de plantações de arroz

Hydnora africana

Ao sul da África floresce a Hydnora africana, que tem aparência de rocha, mas se trata de um vegetal. Alguns falam que ela é tão diferente que se parece com um extraterrestre! A planta é subterrânea e vive embaixo da terra por cerca de 1 ano antes de emergir em flor. Ela também é fedida e serve como um tratamento natural contra a acne. Você teria coragem de esfregá-la na cara?

Planta-pedra

Com nome botânico de Lithops, do grego “lithos” (pedra) e “tops” (forma), a planta-pedra é originária da África do Sul. Ela cresce em um ambiente bem árido, por isso necessita de pouquíssima água para sobreviver. A planta-pedra é ideal para quem não tem muita facilidade para cuidar de flores, já que ela se vira muito bem sozinha.

Depois de ver tanta entre em floricultura goiania