Pular para o conteúdo

7 Dicas para economizar combustível ao dirigir

No cenário atual, o preço da gasolina está alcançando valores significativamente altos, o que pode ser muito prejudicial para o bolso da população, caso não sejam implementadas estratégias para economizar combustível.

Saber aplicar esses novos hábitos e relacionados pode desencadear uma série de benefícios aos proprietários de veículos, garantindo auxílios tanto financeiros quanto em relação a boa manutenção do automóvel. Alguns deles são:

  • Diminuição dos gastos mensais;
  • Aumento na qualidade da direção;
  • Redução da quantidade de manutenções realizadas;
  • Possibilidade de optar por meios mais sustentáveis;
  • Aumento da duração de uma mesma quantidade;
  • Elevação do valor do automóvel. 

Dessa maneira, economizar combustível se torna uma opção essencial para as pessoas que estão passando por alguma dificuldade ou apenas desejam mudar seus hábitos, mas também para empresas que fazem uso de veículos no seu dia a dia. 

Isto é, uma companhia que realiza entrega expressa motoboy pode diminuir os seus gastos nesse ponto, redirecionando-os para outras áreas que precisam de mais investimentos naquele momento, como o setor de marketing.

Que ações tomar para poupar com a gasolina?

Nesse contexto, é fundamental conhecer algumas ações que podem ser aplicadas e são capazes de mudar os resultados, garantindo melhoria na economia de combustível. Acompanhe as principais dicas a seguir:

1 – Cuide dos itens a serem carregados

A primeira atitude é realizar uma avaliação dos itens que são carregados no automóvel e se eles são realmente necessários naquele ambiente ou se podem ser colocados em outro lugar. 

Isso porque, quanto mais pesado estiver o veículo, mais combustível será gasto, uma vez que será necessária uma aceleração maior para conseguir carregar todo o peso contido dentro dele. 

Dessa maneira, é essencial que sejam mantidos nele apenas os itens que precisam ficar ali, como o estepe, uma bateria de carro 60 reserva e o macaco, enquanto demais bolsas e carrinhos de bebê que não estão sendo usados podem ser armazenados em outro local.

É preciso ter em mente que, quanto mais artigos adicionais e que não pertencem naturalmente ao automóvel forem adicionados, maiores são as chances de a dinâmica de seu peso mudar, exigindo mais dele para funcionamento e gastando mais combustível. 

2 – Atente-se quanto à aceleração

Como visto brevemente no tópico anterior, a aceleração tem papel fundamental na influência do gasto de combustível de um veículo, e pode ser a grande causadora de parte do desperdício do combustível no dia a dia. 

Para que ele seja economizado, é vital que o motorista procure acelerar menos vezes e, quando for preciso, que seja feito de forma mais leve. 

Além disso, evite fazer o aquecimento do carro antes de dirigi-lo, assim como, ao fazer paradas, a melhor das opções é manter o motor desligado. Assim, o combustível é economizado.

3 – Analise o melhor combustível

Cada automóvel possui melhor rendimento de acordo com o uso de diferentes combustíveis, devido à maior adaptabilidade e combinação correta. Então, é imprescindível realizar essa análise e testes para melhorar ao máximo essa usabilidade. 

Para isso, é interessante estudar a real demanda de combustível para o dia a dia e diferentes distâncias percorridas, comparando o tanque a uma determinada quilometragem. É preciso ainda destacar que o consumo na estrada e na cidade pode não ser o mesmo. 

Por exemplo, se uma empresa de transportes tem esse controle sobre a sua frota, ela é capaz de saber a quantidade de dinheiro realmente gasta com o combustível e permitir a economia de forma mais direcionada ao que de fato a afeta. 

4 – Mantenha uma rotina de manutenções

Realizar revisões periódicas no automóvel e suas devidas manutenções é essencial para o proprietário e para o próprio carro, uma vez que irá permitir a ele identificar quaisquer problemas técnicos e funcionais nele, o que previne a necessidade de gastar mais capital.

Um exemplo disso é um chaveiro 24hrs que usa o carro para realizar entregas e, caso o pneu não esteja calibrado, há grandes chances do veículo ter que fazer mais força para conseguir trabalhar de forma eficaz, aumentando o seu consumo de combustível.

Sendo assim, torna-se fundamental criar um cronograma para visitar profissionais especializados na área, e que sejam de confiança, para cuidar do automóvel de maneira eficiente e que garanta que ele funcione adequadamente. 

É preciso entender que, quando alguma possível falha é identificada com antecedência, os custos de reparo são menores, pois os danos causados também diminuem. 

Caso se espere que problemas realmente aconteçam com o veículo, há riscos dele já ter prejudicado diversas outras partes. 

Como consequência disso, o trabalho do mecânico será maior, o que irá complicar mais o trabalho do profissional, assim como a quantidade de peças afetadas e que necessitam troca, encarecendo o serviço e os gastos que poderiam ter sido evitados. 

É preciso destacar que esse aspecto serve tanto para manutenções preventivas quanto para aquelas que são realizadas depois de um dano, como o conserto de parachoque após uma batida, para que demais peças não sejam prejudicadas também. 

5 – Abasteça em postos de confiança

É imprescindível que uma confiança a despeito do local de abastecimento do combustível seja estabelecida, para se certificar de que o produto é legítimo e que não terá sua qualidade diminuída, o que pode prejudicar o veículo abastecido.

Para isso, é essencial realizar uma pesquisa sobre os locais da região, comparando os seus preços e procedência, solicitando testes de qualidade, afinal, existem casos de locais que alteram a composição para aumentar a quantidade de combustível disponível para venda. 

Deve-se levar em consideração o fato de que um automóvel só irá funcionar corretamente se os mecanismos que possibilitam tal acontecimento funcionem da maneira esperada, garantindo que sua durabilidade seja igual a sua capacidade. 

Assim como uma letra caixa com led interno que funciona à pilha só irá ter o seu rendimento máximo e garantindo a eficiência esperada se as pilhas usadas forem de qualidade e não estiverem gastas, visto que funcionarão com menor capacidade. 

O mesmo deve ser entendido no uso do combustível, uma vez que as pilhas, responsáveis por fazer o sistema funcionar, precisam estar na maior condição para garantir o funcionamento correto. 

Se a qualidade do combustível estiver abaixo do esperado, ele não será capaz de permitir que o carro ande uma quilometragem máxima até necessitar reabastecimento, precisando fazer um novo abastecimento. 

Você tambem pode adicionar seu carro movido a água, pois assim você não precisará se preocupar com valores absurdos de combustiveis.

6 – Use o ar-condicionado ao mínimo

É importante evitar o uso do ar-condicionado quando ele não for fundamental, uma vez que, deixar ele ligado faz com que o veículo tenha mais trabalho a realizar, o que consequentemente o leva a ter que usar mais combustível para tal ação. 

Nesse caso, as janelas se tornam uma opção muito eficiente e importante, porém, é preciso prestar atenção aos casos de quando usá-las, pois em certas situações, é preferível manter o uso do ar-condicionado.

Isto é, por exemplo, se está de noite e só possui o motorista em um veículo que possui uma pelicula de carro, é melhor manter as janelas fechadas, visando garantir a segurança e evitar possibilidades de roubos. 

Outro caso é ao dirigir com velocidade acima de 80km/h, visto que, quando as janelas estão abertas, há um aumento da resistência exercida pelo vento sobre o carro, o que faz com que ele tenha que fazer mais esforço para funcionar, gastando combustível.

7 – Evite movimentos bruscos com o automóvel

Além de ser uma ação muito agressiva, a realização de movimentos bruscos, como freada e aceleração muito rápidos podem prejudicar a economia de combustível, uma vez que eles irão exigir mais do motor, desgastando-o e usando mais produto. 

Como uma prática aconselhável, é muito importante acompanhar o andamento do trânsito à frente, percebendo se algum carro irá parar, possibilitando que a velocidade seja diminuída devagar, sem sobrecarregar o motor. 

Além disso, uma opção é fazer a troca das marchas de uma maneira suave e com a realização de uma análise da força necessária no pé, para que não seja algo muito abrupto, evitando o desperdício de combustível e idas frequentes a eletricista 24hs.

Considerações finais

Ao longo deste artigo, ficou claro que tornou-se essencial encontrar meios para economizar combustível e os recursos dependentes dessas ações, visando uma maior eficiência, mas acima de tudo, sem perder a qualidade. 

É crucial destacar que há diversas práticas que, quando aplicadas ao cotidiano do proprietário do veículo, podem garantir que ele economize em diversas ações, como as que foram analisadas aqui.

Por fim, considere que essas boas práticas irão influenciar tanto no bom desempenho de seu veículo como no seu bolso, visto que levará a uma economia de recursos e menos gastos com o abastecimento.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.