Pular para o conteúdo

7 dicas que vão te ajudar a saber melhor o tipo de cortina ideal para cada ambiente

    Cortinas são itens muito importantes para um ambiente, seja para decoração, garantir sua privacidade, controlar a entrada de luz solar ou até mesmo barulhos indesejados.

    Por esse motivo que na hora de escolher as lojas de cortinas para sua casa dos sonhos ou até mesmo o ambiente de trabalho, podem surgir algumas dúvidas, por isso fizemos este artigo para te ajudar a saber o que se deve levar em consideração e fazer uma boa compra.

    1.Defina qual a finalidade da cortina em seu ambiente

    Como já falamos acima, as cortinas têm muitas funções, por isso é importante definir qual o papel da cortina no cômodo desejado, pois sabendo disso ficará mais fácil de encontrar o modelo ideal para você.

    2. Evite colocar cortinas muito escuras e materiais que não são resistentes

    O primeiro motivo é que as cortinas podem desbotar com facilidade e o segundo motivo é que cores escuras tendem a esquentar mais o ambiente.

    3. Opte por tecidos mais claros e leves

    Na hora de escolher a cortina ideal, escolha tecidos mais claros e leves, pois um tecido mais neutro dá mais possibilidades na hora de decorar, podendo acrescentar acessórios coloridos como, poltronas ou mesas.

    4. Estampas moderadas

    Caso você goste de estampas, nossa dica é usar somente no reposteiro da cortina, caso você não saiba o que é um reposteiro, ele é a parte do tecido que cobre as portas.

    Os tecidos estampados tendem a cansar a visão com mais facilidade e pode fazer com que as pessoas se cansem do tecido em pouco tempo.

    5. Facilidade em usar tecidos sintéticos

    Para as pessoas que buscam praticidade, os tecidos sintéticos são ótimas opções e sua manutenção é bem mais simples, a lavagem e secagem são rápidas.

    6. Blackout de tecido

    Esse tipo de cortina é para aqueles que buscam proteger completamente a entrada de luz solar.

    Nossa dica é usar blackout de tecido e não de plástico. Hoje temos várias opções de tecidos de blackout no mercado que podem deixar o ambiente muito mais elegante do que os de plástico, e seu investimento não será muito alto.

    Você pode optar pela instalação de papel de parede com cores mais vibrantes ao invés dos mais clean. Aposte no que melhor define sua personalidade!

    7. Quantidade de tecido

    Vamos supor que você tenha uma janela de 1 metro, nossa dica é usar 3 metros de tecido para dar mais volume e um toque de elegância.

    Conheça os tipos de cortinas existentes no mercado

    Para não errar no momento de escolher a cortina ideal, fatores importantes como: modelo decorativo, facilidade de limpeza, o tipo de material, forma de fixação e tamanho do ambiente são pontos que devem ser levados em consideração. 

    • Cortina tradicional em tecido

    Ideal para salas e quartos. Os tecidos mais usados são voal, sarja e linho.

    • Cortinas Duofold

    Este modelo é indicado para salas, e possui um sistema moderno de cordas sendo possível abrir de cima para baixo ou vice                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              e versa.

    • Cortina de Sarja

    As cortinas de sarja também são feitas de tecidos, estampas e cores.

    Elas têm esse nome porque no alto do seu material  são instalados ilhoses em toda a cortina, e com furos ela é fixada na parede.

    Essa maneira de fixar dá à cortina um aspecto ondulado, são usadas duas faixas de cortina que se encontram no meio para impedir a entrada de luz no local, e são indicadas para o quarto de crianças.

    • Persiana rolô

    As cortinas tem esse nome porque quando abrimos ela vira um rolo, isso é uma grande vantagem, pois permite a entrada de luz sem ocupar muito espaço.

    E quando ela está fechada ela forma um painel que pode ser em diferentes tecidos.

    Existem muitas técnicas para decoração de um quarto, e uma outra opção bem utilizada são as cortinas e persianas, que podem ser adquiridas em lojas de persianas.

    • Persiana Plissada

    Seu formato é basicamente uma sanfona, quando está aberta ela possui riscos e quando está fechada fica lisa.

    • Persiana Romana

    A persiana romana quando está fechada parece um painel simples, com apenas algumas linhas horizontais dando um toque ao visual. Essas linhas na verdade são divisões da persiana, que quando estão abertas formam um tecido semelhante a uma gota que vai se encaixando uma na outra.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.