Pular para o conteúdo

AMIGDALITE VIRAL: O QUE É E COMO TRATAR

    AMIGDALITE VIRAL

    As amígdalas fazem parte do sistema imunológico e ajudam a produzir anticorpos para evitar infecções. 

    Entretanto, elas não são tão importantes para a proteção do organismo. Por causa disso, muitas pessoas com amigdalite crônica optam por fazer uma cirurgia para retirar as amígdalas.

    A amigdalite aguda é provocada por bactérias e vírus, consequentemente resultando em amigdalite bacteriana e viral.

    O que é amigdalite?

    A amigdalite viral é uma infecção e inflamação da garganta provocada por diversos vírus.

    Os mais populares são: o  rinovírus e a influenza, que são responsáveis por causar gripes e resfriados nas pessoas.

    Quando uma pessoa está com amigdalite, ela pode sentir dor ao engolir, inchaço na garganta, tosse, e febre alta.

    O tratamento para amigdalite viral deve ser acompanhado por um clínico geral ou otorrinolaringologista.

    Esse profissional irá dar um diagnóstico mais preciso e recomendar os medicamentos necessários para aliviar a dor e baixar a febre.

    Os medicamentos mais recomendados são: paracetamol e anti-inflamatórios para reduzir o inchaço das amígdalas.

    Os médicos não recomendam o uso de antibióticos, pois eles não podem eliminar os vírus.

    Para você que deseja saber mais sobre assuntos sobre saúde, você pode visitar o site cytosaude.org https://cytosaude.org/comprar-misoprostol-original-cytotec-em-goias-e-em-goiania/ que lá possui um blog que lhe ajudará.

    Sintomas mais comuns de amigdalite

    Como dissemos acima, a amigdalite viral causa uma inflamação das amígdalas, devido a entrada de alguns vírus, e os principais sintomas são:

    • Dor de garganta;
    • Dor ao engolir;
    • Febre não muito alta;
    • Tosse;
    • Nariz escorrendo;
    • Aumento das amígdalas;
    • Corpo dolorido;

    Ao contrário da amigdalite bacteriana, esses sintomas da amigdalite viral podem ser acompanhados por outros sinais, como conjuntivite, dor de garganta, voz rouca, gengivite, úlceras na boca e bolhas nos lábios.

    Nesse caso, também pode haver a presença de manchas brancas ou de pus na garganta, que ocorre principalmente em amigdalite bacteriana, causadas por bactérias do tipo Streptococcus pyogenes. 

    Causas 

    A amigdalite viral é provocada por muitos vírus, sendo os mais comuns o rinovírus, coronavírus, adenovírus, herpes, influenza, parainfluenza e coxsackie. 

    Esses vírus são os mesmos que causam a gripe e o resfriado, e se espalham através de gotículas do espirro ou tosse de uma pessoa infectada ou também pelo contato direto com itens que estejam contaminados, como talheres e escovas de dentes.

    Esta infecção na garganta causada por um vírus é muito comum em crianças pequenas, pois são facilmente infectadas nas escolas, onde compartilham tudo e costumam colocar tudo na boca.

    Em adultos, para evitar ser contaminado por esse vírus, é importante lavar sempre as mãos, não compartilhar objetos pessoais e não ficar muito tempo em locais fechados e com muitas pessoas, principalmente se a pessoa tiver baixa imunidade.

    Caso você tenha gostado de saber sobre esclerose, no site www.premiumsaudeoficial.org/ que fala sobre a sibutramina.

    Como é o tratamento para a amigdalite viral?

    O tratamento para amigdalite viral deve ser supervisionado por um médico otorrinolaringologista, que realizará um exame físico da garganta para determinar se a infecção é causada por um vírus ou bactéria.

    Após feito isso, ele irá solicitar um hemograma completo para constatar se há algum sinal de infecção.

    Depois de examinar a garganta e determinar que há inflamação viral nas amígdalas, o médico não irá prescrever antibióticos, pois eles são usados ​​apenas para matar bactérias, o que não possui nenhuma eficácia nos casos de amigdalite viral, que como já dissemos, são provocados por vírus.

    No caso da amigdalite viral, o próprio organismo libera células protetoras. 

    Para acabar com o vírus e aliviar sintomas de dor e febre, o médico irá prescrever analgésicos e anti-inflamatórios para um resultado mais eficaz e rápido.

    Caso você tenha gostado de saber sobre misoprostol cytotec, no site: misoprostolcytotec.com.br que fala sobre a misoprostol.

    A cirurgia para remover as amígdalas, chamada de amigdalectomia, também pode ser indicada, em casos de pessoas que têm esse desconforto.

    Isso significa que os anticorpos já estão resistentes aos medicamentos, e eles não fazem mais efeito contra a amigdalite.

    Nesse caso, os médicos irão recomendar a retirada da amígdala para um resultado mais rápido.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.