Pular para o conteúdo

Como evitar o efeito manada na minha empresa? 

Quer entender um pouco mais sobre como ocorre o “comportamento de manada” na sua empresa e aprender como evitá-lo o máximo possível? Então, venha neste texto, pois aqui você, como gestor, saberá como liderar a sua equipe sem desmotivá-la e ainda vai conseguir reduzir os índices de turnover. Venha com a gente!

Como as pessoas podem ter uma tendência de repetir padrões de comportamentos impostos por um grupo, seja conscientemente, seja inconscientemente, o efeito manada pode ocorrer bastante nos ambientes de trabalho. No entanto, esse efeito pode ser nocivo para a cultura organizacional de uma empresa e atrapalhar os resultados almejados por ela, assim como o seu crescimento e consolidação no mercado.

Essa ação involuntária pode refletir um comportamento indesejado de um colaborador para a obtenção do resultado principal para um negócio, o que acaba contribuindo para que ocorra muitas vezes o turnover involuntário, por exemplo.

Esse acúmulo de demissões motivadas pela organização é extremamente danoso para a sobrevivência de uma empresa no mercado de trabalho.

Além disso, a constante frequência desse comportamento de manada na sua empresa pode indicar uma quebra na confiança da equipe em relação aos gestores dela. Segundo uma pesquisa feita na década de 1990 pela professora de administração de empresas, Amy Edmondson, esse efeito é decorrente da falta de segurança psicológica no trabalho.

Esse conceito, que iremos trabalhar melhor mais adiante, é importantíssimo para deixar os colaboradores mais motivados para trabalhar e inovar com segurança. Um dos pilares desse termo é que o erro é parte do processo criativo e que sem ele não há como uma equipe crescer e se motivar.

Portanto, será desse modo que iremos tratar sobre como você pode minimizar e evitar o comportamento de manada dentro da sua companhia.

Falaremos sobre a sua origem, indícios de sua manifestação no trabalho, além de dicas de como deixar os seus colaboradores mais tranquilos e confiantes em seguir trabalhando na sua empresa. Boa leitura!

O que é o efeito manada?

O efeito manada, antes de tudo, é um resultado de um comportamento social. Como todos os seres humanos convivem em sociedade, acaba sendo natural que cada indivíduo tenha um senso de comunidade e, em consequência disso, tome atitudes diferentes das que tomaria se não estivesse em grupo.

Existe um estudo  feito pelo matemático norte-americano Steven Strogatz, da Universidade de Cornell, o qual determina a ocorrência desse efeito através de uma Força de Sincronização.

Segundo ele, essa força seria explicada por uma tendência do agrupamento dos átomos, o que refletiria em uma organização natural inerente a todo o Universo.

Dessa forma, esse comportamento, do ponto de vista geral, pode até ser bem visto, já que é bastante utilizado em situações que indicam perigo para uma espécie, isso claro num contexto biológico. No entanto, o efeito manada em muitos casos pode ser prejudicial, principalmente num contexto de trabalho.

Isso porque as tomadas de decisão baseadas nesse efeito manada geralmente são feitas pelo impulso, sem qualquer tipo de reflexão cuidadosa sobre os desdobramentos de suas ações. Desse modo, tanto empresas quanto pessoas deverão ter pensamentos mais alinhados para que um negócio deslanche de vez.

Quais são os comportamentos de manada?

Os comportamentos de manada podem ocorrer em diversos níveis em uma empresa. Uma situação bem comum é aquela quando um funcionário é chamado à atenção pelo seu superior por ter chegado atrasado na empresa, mas mesmo assim acha ruim e se sente desmotivado, porque muita gente faz o mesmo, mas ninguém intervém.

Outra atitude mais clássica do efeito manada pode ocorrer quando a um funcionário é delegada uma função, mas rapidamente ele começa a procrastinar e enrolar nas atividades, saindo mais cedo do que o previsto.

Além desse, um caso típico de efeito manada é quando ocorre um brainstorm com todos os colaboradores de um setor para a sugestão de uma ideia. Uma pessoa a sugere, mas alguém nota alguns defeitos nela, mas pela pressão da maioria que a aprovou, o funcionário acaba não intervindo. Essa omissão, num futuro mais distante, pode ser prejudicial à companhia, por exemplo.

Dicas para evitar o comportamento de manada na sua empresa

Em todos os casos acima, pode-se perceber que esse comportamento, embora seja de manada, possui uma mentalidade mais individualista.

Cada situação acima provém de um funcionário que se vê desmotivado, seja para propor ideias, seja para avisar algo errado, seja cumprir as suas funções, porque ir contra a maioria de um grupo parece desafiador.

No entanto, essas ações podem ser contornáveis principalmente por algumas dicas que iremos deixar aqui para que seus colaboradores deixem de vez o comportamento de manada na sua empresa. Veja algumas!

1.    Deixe claro os objetivos e metas para a sua equipe

Segundo a Rock Content, deixar claro os objetivos e metas para a sua equipe dificulta bastante a ocorrência de efeito manada. Isso, porque deixará as pessoas mais certas sobre o que estão fazendo, já que estarão seguindo um planejamento estratégico.

Desse modo, a ocorrência de efeito manada nesse tipo de ambiente mais organizado, com metas mais objetivas e claras, diminui drasticamente entre os funcionários.

2.    Trabalhe a segurança psicológica da sua equipe

Em matéria do jornal 140, uma pesquisa coordenada pelo Google, em 2015, para descobrir os motivos pelos quais uma equipe se sai bem ou não numa empresa. O projeto Aristóteles, nome dado à pesquisa desenvolvida pela empresa norte-americana, investigou mais de 250 atributos.

Segundo a pesquisa, o fator de segurança psicológica foi o mais relevante para que uma equipe tenha resultados melhores do que outra. Esse conceito criado pela professora de administração de empresas, Amy Edmondson, incide na “crença compartilhada entre os membros de uma equipe de que o ambiente é seguro para assumir riscos nas relações interpessoais”, salienta a matéria.

Já que, ninguém gosta de se sentir desconfortável em um ambiente de trabalho, principalmente, de expor as suas próprias fraquezas.

Desse modo, uma empresa cujo ambiente mais propenso a uma abertura maior de ideias entre funcionários e da aceitação do erro como parte do processo, tende a ter maior êxito em seu trabalho, além de aumentar a produtividade dos colaboradores, pois estes não têm medo de se expor.

3.    Diversifique o perfil dos seus colaboradores

Quanto mais diverso for o perfil dos seus colaboradores, menores são as tendências de um efeito manado ocorrer na sua empresa.

Aliadas à filosofia de segurança psicológica, as contratações feitas deverão respeitar as individualidades de cada possível funcionário, pois isso dará a sua empresa uma maior pluralidade de idéias para que um trabalho se desenvolva da melhor forma possível.

Além de paralisar o efeito manada, essa diversidade fará com que sua empresa se torne cada vez mais dinâmica no mercado, já que o debate e o conflito de ideias dentro de uma mesma equipe podem ser positivas para o crescimento e amadurecimento de um projeto desempenhado por ela.

Gostou das nossas dicas? Diga nos comentários se já aplicou alguma? Até a próxima!

Ou ainda: Como evitar o “comportamento de manada” dentro de uma empresa!

Aqui daria um excelente feature.

https://static.squarespace.com/static/5436e695e4b07f1e91b30155/t/54725c1be4b00008d79a59d6/1416780827773/synchronization-of-pulse-coupled-biological-oscillators.pdf

Tentei fazer algo diferente para fechar o artigo, depois me diz se gostou.

1 comentário em “Como evitar o efeito manada na minha empresa? ”

  1. Pingback: Aprenda como ter sucesso ao abrir a minha própria empresa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.