Pular para o conteúdo

Dúvidas sobre o que a bíblia diz em relação ao aborto

    Se você é uma das pessoas que possuem dúvidas sobre o que a Bíblia diz sobre o aborto, este artigo é para você.

    Continue lendo este artigo e descubra o que a bíblia fala sobre este assunto que para algumas pessoas é bastante polêmico.

    A Bíblia não usa a palavra aborto para se referir a alguém tirando a vida de uma criança.

    Deus não fala de aborto, mas reconhece a criança ainda no útero como uma pessoa valiosa.

    Deus proíbe a morte de pessoas inocentes, mas Ele oferece perdão para aqueles que realmente se arrependem!

    Mas muitos textos bíblicos nos ajudam a entender a visão de Deus sobre a vida humana, incluindo a de uma criança ainda no útero.

    Toda vida é muito importante, a vida é um presente de Deus, inclusive a vida de uma criança no ventre.

    Dessa forma, podemos ver a morte intencional de um feto como assassinato.

    Já que está lendo este artigo sobre “Dúvidas sobre o que a bíblia diz em relação ao aborto” conheça o site abortivocytotec.com.br, que voc pode Comprar misoprostol original.

    Deus perdoa as mulheres que praticam o aborto?

    Deus pode perdoar qualquer um desde que ele se arrependa verdadeiramente e não cometa os mesmos erros.

    O que acontece se a vida da mãe ou da criança estiver em perigo?

    De acordo com o que a Bíblia diz, a vida de uma criança que ainda está no útero já é considerada uma pessoa, e por isso é considerado errado fazer um aborto mesmo que haja um grande risco para a saúde da mãe ou da criança .

    Pode haver algumas emergências raras em que uma escolha deve ser feita entre a vida da mãe ou a vida da criança.

    Nesses casos, os envolvidos devem decidir qual vida deve ser salva.

    Algumas traduções da Bíblia sugerem que nesta lei a vida da mãe era mais importante do que a vida da criança.

    Outro lugar para você Comprar misoprostol original, no site “comprarmisoprostoloriginal.com” ele trabalha com a venda desses produtos

    Afinal, é pecado praticar um aborto?

    Quanto mais amamos nosso próximo, mais vida há em nós.

    Quando o povo de Deus se tornou uma nação diante de Deus, Deus lhes deu leis específicas para que não cometessem os erros de pessoas que não conheciam a Deus.

    Se alguém prejudicasse uma mulher grávida e a abortasse por isso, a pessoa era condenada à morte.

    Isso mostra que Deus não aceita o aborto e não quer que seja provocado.

    A Bíblia nos diz que os pagãos adoravam seus ídolos sacrificando seus bebês recém-nascidos a esses deuses.

    A gravidez foi considerada uma bênção de Deus para o povo.

    Ferir uma criança inocente até a morte é uma crueldade sem medida, é considerado o pior tipo de assassinato.

    Qual a relação do aborto e religião?

    Considerando que a maioria da população brasileira tem uma formação moral baseada na fé católica e é um dos países mais religiosos do mundo, muitos brasileiros consideram o aborto uma prática condenável.

    Isso porque eles acreditam que a vida começa no momento da concepção e, se uma mulher interromper esse processo, ela terminará com uma vida e, portanto, quebrará um dos mandamentos da Bíblia.

    Aborto e a lei, como funciona?

    As leis no Brasil criminalizam o aborto, o que significa que uma pessoa que aborta pode pegar de 1 a 3 anos de prisão.

    E até 4 anos de prisão para terceiros envolvidos no processo de aborto.

    O que a bíblia diz sobre o aborto?

    Para Deus, a vida é sagrada, isso se aplica a uma criança ainda no ventre da mãe, o lugar que Deus criou como santuário para o nascituro.

    Existem outras maneiras de saber o que Deus pensa sobre a vida de um nascituro. Por exemplo, a lei que ele deu à nação de Israel no passado e a consciência que ele nos deu. 

    A lei dizia que se uma pessoa machucasse uma mulher grávida e a criança morresse, essa pessoa seria condenada e poderia ter que pagar com a vida. 

    Mas, antes de tomar uma decisão, os juízes consideraram as intenções do assassino e as circunstâncias.

    Deus deu ao homem uma consciência, quando uma mulher ouve o que sua consciência diz e respeita a vida da criança em seu ventre, sua consciência fica tranquila. 

    Porém, se ela não respeitar essa voz interior, provavelmente se sentirá culpada. 

    Alguns estudos até mostram que as mulheres que fizeram um aborto são mais propensas a sofrer de ansiedade e depressão.

    Portanto, nem a Bíblia nem as leis são a favor do aborto!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.