Pular para o conteúdo

O que acontece se o tratamento de canal não for feito?

O que acontece se o tratamento de canal não for feito

Leia este artigo até o final e saiba O que acontece se o tratamento de canal não for feito, Aprenda tudo sobre este assunto muito visado na area de odontologia.

O tratamento de canal é uma alternativa para tratar o dente e evitar a sua extração. Esse tipo de tratamento consiste em retirar o tecido interno do dente, realizar a limpeza e fazer a preparação para receber o preenchimento do espaço.

Para entender melhor como funciona o tratamento de canal, é necessário saber um pouco sobre a estrutura do dente.

A camada externa é formada pelo esmalte, que é uma parte mais dura que ajuda a proteger o dente e suas estruturas internas.

A dentina é a parte calcificada que fica logo abaixo do esmalte, já a polpa é o tecido mole que fica dentro do dente, onde ficam os nervos e os vasos sanguíneos. Quando o tratamento de canal é indicado, é porque o problema já atingiu a polpa.

Entre os problemas que podem ser causados na região necessitando de um canal estão: dente quebrado, cárie profunda e danos por traumas. Podemos identificar um desses problemas através dos seguintes sintomas:

  • Dor pulsátil;
  • Dor de dente persistente;
  • Sensibilidade ao mastigar;
  • Dor que irradia para os outros dentes;
  • Sensibilidade a alimentos e bebidas quentes ou geladas.

Diante desses sintomas, é possível perceber que utilizar seu plano odontologico empresarial para realizar visitas periódicas ao dentista, pois quanto antes o problema for detectado, mais fácil será tratá-lo.

O que acontece se o tratamento de canal não for feito

Quando é preciso ser feito o tratamento de canal?

Um problema dental pode causar diversos transtornos, como dor e desconforto, sintomas que ocorrem quando há lesões na polpa do dente. Quando isso ocorre, é importante procurar por um dentista em um plano dentel para mei.

Isso porque somente um profissional da odontologia será capaz de identificar o problema corretamente e restabelecer a sua saúde bucal antes que o problema se torne algo mais grave, afetando outras áreas.

O tratamento de canal é indicado por um dentista quando há uma infecção dentária na polpa do dente ou a perda da mesma. Essas causas podem ocorrer devido aos seguintes problemas:

  1. Cáries

A cárie é uma doença dentária causada por diversos fatores, seja genético ou razões diferentes. A mais comum está ligada à falta de higiene bucal e pouco uso do fio dental, que retira resíduos alimentares por entre as dentições, o que impede a proliferação bacteriana.

Tabagismo e consumo excessivo de bebidas alcoólicas também podem trazer como resultado cáries nas estruturas dentais.

Outro fator causador de cáries muito corriqueiro é o açúcar. Comer doces demais ou beber muito refrigerante, seguido de uma higiene dental descuidada, pode acabar resultando em dentes cariados e dores nessas estruturas.

Caso uma cárie se torne algo mais grave e acabe afetando a polpa do dente, o tratamento de canal é o mais indicado para tratar do problema, assim evitando que as bactérias cheguem nos vasos sanguíneos e afetem outros sistemas, como o cardíaco, por exemplo.

  1. Trauma dentário

Quando uma pessoa sofre um acidente ou batidas intensas é possível danificar a estrutura dental, o que pode levar a exposição dos nervos ou até mesmo a morte da polpa dentária. O ideal é procurar por um dentista em um plano odonto empresa o mais rápido possível.

Traumas dentários geram dores intensas, mas também deixam toda a estrutura mole e sensível dentro da boca exposta para outras bactérias. A boca pode acabar sendo a porta de entrada para milhares de outros microrganismos.

  1. Estrutura dental comprometida

Diante desse tipo de caso, normalmente é necessário realizar um implante dentário para substituir o dente perdido, mas antes disso, o tratamento de canal pode ser necessário para preparar a área.

Na falta de um dente, toda a estrutura dentária pode ser afetada, tornando o espaço entre as dentições remanescentes mais espaçado, por isso é prudente procurar por um dentista o mais rápido possível.

  1. Degeneração da polpa

Quando há o comprometimento da polpa, é preciso procurar por um dentista especialista em endodontia em um plano dentario empresarial para manter a saúde bucal em dia e evitar que haja infecções mais graves.

Como foi mencionado anteriormente, a boca pode ser a entrada para outros microrganismos, como bactérias que passam por toda a corrente sanguínea e se estabelecem em diferentes sistemas corporais, como o coração ou cérebro.

A falta de cuidados ou socorro em casos emergenciais podem gerar doenças e problemas ainda mais graves, pois bactérias coronárias acabam sendo bombeadas para o resto do corpo, tornando-o mais apto para infartos, infecções, entre outros.

Os cuidados necessários após o tratamento de canal

processo de tratamento de canal

Por se tratar de um procedimento cirúrgico, existem alguns cuidados que devem ser tomados após realizar um tratamento de canal para garantir que a recuperação seja total e eficaz em corrigir o problema existente.

Apesar de parecer complicado, o pós-operatório é um período tranquilo, pois o canal não é um procedimento tão invasivo como uma extração de siso, por exemplo. Esses cuidados podem ser orientados através dos beneficios plano odontologico empresas.

Alguns dos cuidados que devem ser tomados durante a recuperação são:

  • Utilizar as medicações indicadas;
  • Manter visitas regulares ao dentista;
  • Realizar a higiene bucal normalmente;
  • Evitar alimentos sólidos nas primeiras horas;
  • Não mastigar com o dente tratado até a recuperação completa.

Seguindo esses cuidados, você pode seguir com a sua rotina normalmente, lembrando sempre de seguir todas as indicações do seu dentista, sempre tomando os cuidados necessários, pois o dente fica mais sensível nos primeiros dias do pós-operatório.

Outro fator importante é para os pacientes que realizam o tratamento de canal em etapas, pois nessa situação é comum ficar com uma sedação temporária até que a restauração definitiva seja concluída.

Neste caso, é preciso ter ainda mais cuidado, principalmente durante as refeições, quando se deve evitar mastigar em cima do dente que está em tratamento. Isso irá evitar que prejudique o procedimento antes que ele seja finalizado.

Portanto, agora que você já conhece todos os passos e cuidados necessários para realizar antes, durante e após o tratamento de canal, lembre-se de realizar visitas regulares ao seu dentista de confiança para evitar problemas bucais.

Conteúdo desenvolvido pela equipe do Conviva Melhor, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.