Fique tranquilo, essa é uma das perguntas que passa na cabeça de muitos advogados recém formados.

 

Como todos já sabemos, para atuar como advogado é preciso que o profissional seja aprovado no exame da Ordem dos Advogados.

 

Se o exame da OAB já é um grande desafio, depois que os profissionais são aprovados, surgem outras dúvidas, como: e agora? O que devo fazer? Como atuar no mercado de advocacia? Qual carreira devo seguir?

 

Como todo começo tem desafios, nesse caso não é diferente.

 

Passei no exame de ordem, mas não peguei minha carteira

 

Se você ainda não fez sua inscrição, esse deverá ser seu primeiro passo. Esse processo pode ser um pouco burocrático e pode demorar um pouco, então quanto antes você fizer sua inscrição, mais rápido você poderá advogar.

 

Depois de ser aprovado no Exame de Ordem, seu próximo passo é se inscrever. Abaixo estão algumas informações sobre como pegar sua carteira.

 

1– Para começar você vai precisar do Certificado de Aprovação do Exame de Ordem, que deve ficar pronto dentro de 15 a 30 dias depois da divulgação dos resultados.

 

2- Quem é aprovado, vai receber um e-mail de convocação para retirar o certificado.

 

3- Se informe com a subseção sobre a documentação correta para preencher o formulário de inscrição.

 

4- Entregue o formulário preenchido, com toda a documentação solicitada na seccional. É importante que não esteja faltando nenhum documento, pois o pedido de inscrição só será encaminhado com a documentação completa.

 

5- Depois que foi preenchido e entregue, o seu requerimento será avaliado por uma comissão interna. Se toda documentação estiver correta, você será convocado para a cerimônia de entrega da carteira, que pode demorar até 2 meses.

 

Outra informação muito importante, fique atento as taxas a serem pagas e da anuidade, esses valores podem mudar de acordo com a seccional. Advogados com até 5 anos de inscrição pagam meia anuidade.

Passei no Exame de Ordem e agora estou só aguardando as oportunidades

 

Você já pegou sua carteira, mas agora está esperando as oportunidades caírem do céu?

 

Se você está pensando dessa maneira, vai continuar da mesma maneira que está, somente com a carteira na mão e sem trabalho.

 

Após pegar a carteira, é que os desafios do mercado começam, você vai precisar passar por duas etapas:

 

1- Decida o tipo de Advogado que você vai ser 

 

Essa decisão é fundamental para que você possa manter o foco em sua carreira jurídica. Os mais comuns são:

 

  • Embaixador
  • Funcionário público
  • Advogado Associado
  • Advogado Individual
  • Advogado Correspondente

 

2- Defina sua especialização

 

Ficar de braços cruzados esperando uma oportunidade, essa pode não ser uma boa opção, pois a possibilidade dessa oportunidade não aparecer é muito grande.

 

Por isso, arregace as mangas, e defina uma área para se especializar.

 

Vamos destacar aqui algumas áreas da Advocacia que podem ser boas escolhas:

 

  • Direito Ambiental
  • Direito Civil
  • Direito do Consumidor
  • Direito Trabalhista
  • Direito Tributário
  • Direito Penal
  • Direito da Tecnologia da informação

 

Existem também alguns cursos gratuitos que podem te ajudar bastante, buscar o constante aperfeiçoamento pode ser um grande diferencial para seu currículo, tanto para empreender ou para buscar uma vaga em um escritório.

3- Tenha um bom Currículo

 

Ter um bom currículo vai te ajudar ainda mais se você deseja uma oportunidade em um escritório de advocacia já estabelecido.

 

Afinal, seu currículo será seu cartão de entrada para o mercado, fazendo com que as pessoas te conheçam e saiba da sua história.

 

Montar um bom currículo pode ser desafiador para quem está começando na carreira de advogado, minha dica é que esse documento seja bem claro e objetivo.

 

Vou destacar 8 pontos fundamentais para te ajudar a elaborar seu currículo:

 

  • Dados Pessoais
  • Objetivo
  • Escolaridade
  • Experiências Profissionais
  • Cursos e palestras
  • Conhecimento de informática e idioma
  • Habilidades Pessoais
  • Diferenciais

 

Um advogado que só sabe Direito, se um dia ele abrir um escritório, ele provavelmente irá à falência, pois não entende nada de gerenciamento de pessoas, fluxo de caixa, e nada relacionada a sua área.

 

Por isso, tenha sempre em mente, não importa o ramo do direito que você escolheu, seja antigo ou novo, busque sempre se especializar, estude com profundidade, só assim você terá um diferencial e alcançará sucesso .

Obrigado por ter lido nosso artigo até aqui.

Conheça Também a primesegseguranca.com.br que trabalha com Sistema de câmeras Goiânia a muitos anos, e feito historia na cidade de Goiânia