Pular para o conteúdo

Descubra como instalar um som automotivo de qualidade

    som automotivo

    Nos dias de hoje, qualquer pessoa que adquire um carro novo ou até mesmo um seminovo, não espera muito tempo para querer comprar acessórios e deixá-lo mais funcional e bonito, como um som automotivo.

    O som automotivo é um dos itens que não podem ficar de fora na hora de incrementar um carro, pois ele possibilita que o motorista escute as músicas favoritas enquanto está dirigindo em um trânsito estressante.

    Independente de ser um rádio simples ou um aparelho multimídia mais moderno, ter um sistema de som em um veículo é visto como muito importante para os motoristas, assim como ter um laudo cautelar veicular.

    Mesmo que a maioria dos carros já venham com algum tipo de som automotivo, eles podem ser antigos e estarem ultrapassados, por isso, o dono do automóvel acaba criando o desejo de substituí-los por um som mais moderno e potente para melhorar a experiência sonora.

    A solução para isso é ir atrás de um novo e moderno modelo de som automotivo com entrada usb e outras funções mais atuais, que supram as suas necessidades.

    Mas o único problema disso é que, na maioria das vezes, muitas pessoas compram os novos aparelhos sem saber como instalá-los da maneira correta.

    Por isso, esse artigo apresentará o por que de ser tão importante contatar um profissional para realizar instalações como essa, além de dar algumas dicas de como colocar corretamente o seu som automotivo. Confira!

    Importância de contatar um profissional

    Como a instalação de um som automotivo envolve a parte elétrica de um carro, essa tarefa pode acabar não sendo tão fácil como a limpeza de carpete automotivo, como muitos acabam pensando.

    Um dos motivos é por exigir o uso de equipamentos específicos que, em boa parte dos casos, não são tão comuns a ponto de qualquer pessoa ter em casa. São exemplos:

    • Cabo 4 mm Positivo 100% cobre;
    • Cabo 4 mm Negativo 100% cobre;
    • Cabo remote;
    • Conectores olhal ⅜;
    • Porta fusível;
    • Fusível de lâmina 40 amperes.

    Tendo tudo isso em vista, é recomeçando a priorização de contratar os serviços de um profissional especializado em todas as áreas do carro, inclusive em bateria de gel estacionária.

    Afinal, um especialista na área poderá realizar a instalação da maneira mais correta e segura, por já ter em sua oficina os equipamentos para fazer a instalação.

    Vale lembrar que se uma instalação caseira for feita e o dono do veículo não possuir os conhecimentos técnicos que são necessários para a instalação, podem ocorrer alguns problemas perigosos ou até o mau funcionamento do aparelho instalado.

    Ao escolher a opção de contratar um serviço, vale lembrar que é necessário optar por um lugar de confiança, e caso não conheça nenhum, pesquise os que têm as melhores avaliações online.

    Até porque nem sempre o local mais barato irá prestar um serviço de qualidade, ou seja, garanta que a instalação será feita por um profissional de verdade para evitar que seja mal feita, que estrague a proteção pintura automotiva ou outro item do carro.

    Instalação segura do som automotivo

    Depois de encontrar o profissional qualificado e que mais proporcionará confiança para realizar a instalação, chegou a hora de entender como o processo irá funcionar.

    Portanto, para começar, uma dica é preparar o carro para a instalação do som automotivo. Isso é importante para se certificar de que o cabo negativo do carro esteja desconectado, por uma questão de segurança.

    Isso ajudará a evitar que ocorra um curto circuito enquanto a instalação estiver sendo feita. Para desconectar esse cabo, só é preciso subir o freio de mão do carro e desconectá-lo.

    1. Removendo o painel

    No passo seguinte, que é remover o painel do carro para instalar o som automotivo, é necessário uma ajuda de uma chave de fenda que solte os parafusos responsáveis por fixar o painel.

    Além desses parafusos, também será preciso desconectar alguns elementos que podem eventualmente estar conectados entre o carro e o painel, como fios.

    Depois de retirar esses itens e os parafusos, é só fazer a remoção do painel cuidadosamente para não causar nenhum dano a ele.

    2. Retirando o som já instalado

    Se for o caso do automóvel já ter um som próprio já instalado, será necessário retirá-lo. Durante a sua retirada, vai ser possível notar que ele está conectado no carro.

    O processo de desconectá-lo é simples mas, antes disso, é essencial gravar como está a instalação dos fios e cabos para conseguir reproduzir na hora de colocar o novo som.

    Essa é uma das etapas mais importantes, tão vital como ter um sistema de chave de carro com chip para garantir o funcionamento adequado e maior segurança do veículo.

    3. Conexão dos fios do som com os do carro

    Depois de retirar o som antigo, chega o momento de conectar o novo. No processo, é importante se lembrar de como estava instalado o som anterior, pois cada fio e cada cabo tem a sua estrada específica, para ajudar a saber onde encaixar cada um deles.

    Caso não se lembre não será um grande problema, até porque cada fio tem uma cor específica, então ficará óbvio onde ele deve ser conectado.

    Também não será necessário pedir o auxílio para alguém nessa etapa do processo de  instalação do som automotivo, como é necessário em atividades como a lavagem de estofados de carros.

    4. Isole com fita isolante

    Após o processo de encaixe de todos os fios, uma dica valiosa é a de passar fita isolante em volta deles, uma pequena quantidade já está de bom tamanho.

    Afinal, além de garantir mais segurança, esse processo vai evitar que os fios acabem se soltando sozinhos em alguma hora.

    5. Montando o som automotivo

    A necessidade desse passo dependerá do tipo de som adquirido pelo proprietário do automóvel, alguns podem acabar vindo com um kit de montagem do som. Caso seja esse o caso, será necessário montá-lo como descrito nas instruções.

    Mas não é algo que o motorista precise se preocupar, tal como a isenção de ipva df para carros novos. A montagem desses kits costuma ser um processo muito simples, e acompanha um manual de instruções de fácil entendimento.

    6. Conectando a fonte de energia e os fios restantes

    Depois de concluir todos os passos anteriores, é a hora de conectar uma fonte de energia ao novo e moderno som do automóvel.

    Geralmente, o novo som vem com algum fio amarelo ou vermelho para fazer a conexão entre o aparelho e o automóvel.

    Em aparelhos novos, às vezes depois de conectar os fios principais, ainda restam outros fios para concluir a conexão. Assim, será necessário identificar cada um dos fios e conectá-los ao carro.

    Esse processo também é simples, basta fazer como os primeiros, identificar os lugares respectivos aos fios para fazer a conexão, mas uma dica importante é ter certeza de que conectou os fios da maneira correta, tanto esses quanto os primeiros.

    7. Fazendo o teste

    Após toda a instalação, o passo seguinte é fazer o teste para se certificar que o processo deu certo e de não precisar refazer o depois de colocar o painel de volta.

    Ligue-o e teste se todas as funções e botões estão funcionando corretamente, e caso não estejam, faça uma revisão de todos os passos para ver se nada ficou para trás.

    Caso esteja tudo correto com a instalação e o aparelho persista em não funcionar, é recomeçando testar o som em um outro automóvel, para garantir que não é ele quem está com problemas.

    8. Colocando o painel no lugar

    Se os testes ocorrerem bem, será a hora de encaixar os fios dentro do carro e colocar o som no lugar correto, e depois, é hora de prender o painel.

    Uma dica para esta etapa é certificar-se de que ele está bem preso, e de que nenhum parafuso se perdeu ou ficou solto.

    Depois de garantir que ele está bem instalado, é necessário fazer o teste do som automotivo mais uma vez, porque pode acontecer dele ter funcionado anteriormente, mas não funcionar da segunda vez.

    Caso isso ocorra, será necessário retirar o painel e verificar se nenhum fio se soltou na hora de colocar o painel na sua posição certa.

    Considerações finais

    A contratação de um profissional qualificado e de confiança é sempre indicada em casos como a instalação de um som automotivo, mas caso não seja possível, você mesmo pode fazê-lo.

    Um profissional com conhecimentos técnicos sobre a instalação, além de ter os equipamentos certos para realizar o processo, poderá fazer alguma adaptação caso seja necessário, por conta do tamanho do rádio ou outras questões similares.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Marcações:

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.