Pular para o conteúdo

Entenda a importância de consultar um dermatologista

    Dermatologista mostra imagem do rosto em consulta online

    Você é daquelas pessoas que só pensa em ir a um dermatologista quando precisa de produtos estéticos? Confira mais detalhes sobre como a atuação desse profissional é mais ampla!

    Cuidar da saúde é um processo contínuo, que exige atenção e disciplina. Concentrar esforços intensos durante um curto período de tempo para solucionar determinado problema pode ocasionar efeitos indesejáveis, quando os cuidados não são mantidos por longo prazo.

    Uma das áreas médicas em que isso é mais notável é a dermatologia — responsável por cuidar da pele, das unhas, do cabelo e das mucosas (lábios, gengivas, língua, parte interna das bochechas e região genital). Além disso, tais profissionais também diagnosticam e tratam enfermidades relacionadas a essas regiões do corpo.

    Ao perceber manchas, acnes e marcas estranhas na pele, muita gente acaba buscando tratamentos para a pele sem consultar uma dermatologista antes. Isso pode não só prolongar os problemas, mas intensificá-los. Confira a seguir por que é necessário consultar um profissional da medicina e veja quais cuidados tomar com a sua pele!

    Quando procurar um dermatologista

    Muita gente acredita que só deve consultar um dermatologista na hora de buscar recursos e produtos estéticos. Contudo, esses profissionais atuam de maneira mais ampla.

    Além de aspectos de estética, tais profissionais são fundamentais para prevenir, diagnosticar e tratar as doenças relacionadas à pele, às unhas, ao cabelo e às mucosas, bem como realizar intervenções que vão desde cirurgias até técnicas não invasivas.

    Esse profissional pode ser procurado por pessoas de todas as idades que apresentam problemas diversos, desde alergias, infecções, doenças autoimunes e questões estéticas relacionadas a tais áreas do corpo.

    Alguns sintomas que podem indicar que é preciso buscar um dermatologista são: cravos e espinhas, manchas vermelhas, coceira, descamação da pele, queimadura solar intensa e/ou de grande extensão, pele muito ressecada ou oleosa, unhas fracas ou com formato e cor alteradas, suor excessivo ou com odor desagradável, coceira no couro cabeludo, nódulos na pele, feridas que não cicatrizam, lesões com pus, pintas e manchas suspeitas de serem malignas..

    Check up da pele

    É disseminada a ideia de que é bom fazer alguns exames para verificar como está o estado geral de saúde — esse conjunto de exames é denominado “check up”. Porém, a ideia de um check up da pele ainda é pouco conhecida, embora seja igualmente importante.

    A maioria das pessoas acredita que o câncer é a única doença grave que pode atingir pele, unhas, cabelo e mucosas (lábios, gengivas, língua, parte interna das bochechas e região genital). Porém, existem outras centenas de patologias que podem prejudicar essas áreas.

    Por exemplo, unhas fracas e quebradiças não são somente uma questão estética, mas podem indicar micoses e alergias a determinada substância, psoríase, alterações na tireoide e até anemia. Já manchas na pele podem ocorrer devido a causas diversas, desde diabetes até doenças cardíacas e respiratórias, além de câncer.

    Tratamentos dermatológicos

    Dermatologistas possuem conhecimento técnico para avaliar quando alguns sinais indicam que pode haver algo errado e que precisam de um tratamento específico. Como qualquer outro problema de saúde, as doenças que afetam a pele precisam ser diagnosticadas precocemente, a fim de o tratamento ter mais chances de surtir os efeitos desejados, garantindo a manutenção da saúde, o bem-estar físico e emocional e disposição. 

    Existem diversos tratamentos comumente utilizados por dermatologistas, tais como: limpeza de pele (importante para remover resíduos da pele e hidratá-la), peeling (para tratar manchas, acne e melasma), cremes, séruns, loções, laser e toxina botulínica. Porém, vale lembrar que cada caso precisa ser analisado individualmente, considerando o histórico de cada paciente. Por isso, mantenha o cuidado com a sua saúde, sem esquecer de consultar um dermatologista anualmente!

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.