Pular para o conteúdo

Saiba como higienizar o banheiro público antes de utilizá-lo

    banheiro público

    Confira algumas dicas para utilizar o banheiro público com segurança e higienizá-lo antes da utilização

    Quem nunca sentiu repulsa em usar um banheiro público que atire a primeira pedra. De fato, estudos mostram que há uma grande quantidade de germes e micro-organismos presentes em ambientes como banheiros públicos. Além de inadequados, lugares assim são desconfortáveis, afinal, nada como usar um banheiro limpo e higiênico.

    Contudo, também é fato que segurar até chegar em casa não deve ser uma opção, pois isso pode fazer muito mal, aumentando o risco de doenças urinárias e intestinais. Além disso, ao usar um banheiro público, você pode recorrer a alternativas como: não sentar na privada, usar protetores de assento, limpar com lenços antissépticos, entre outras medidas.

    Quer saber mais dicas para usar o banheiro fora de casa e saber as melhores formas de higienizá-lo antes da utilização? Então continue conosco e saiba mais!

    5 dicas para usar o banheiro fora de casa

    1) Não sente na privada

    Essa é uma dica bastante conhecida e não é à toa. A tampa da privada pode conter micro-organismos nocivos, além de restos de xixi e coliformes fecais. Lembrando, também, que colocar papel ou plástico na tampa para sentar não vai eliminar os germes, mas pelo menos evita que a pessoa se molhe. 

    Apesar dos micro-organismos presentes, é importante frisar que é difícil contrair uma infecção urinária ou uma doença sexualmente transmissível, por exemplo, ao sentar em um vaso coletivo. Contudo, ainda é necessário ter cuidados com a higienização.

    2) Tampe o vaso antes de dar a descarga

    Quando a descarga é acionada, milhões de germes ganham impulso e podem viajar distâncias ainda maiores que a tampa, indo parar na pia, torneira, maçaneta, parede, teto, etc. Por isso, antes de dar a descarga, abaixe a tampa — inclusive dentro do banheiro de casa.

    3) Evite ficar tocando no ambiente e lave bem as mãos

    Evite tocar no sanitário, na tampa e na descarga. Para isso, use um pedaço de papel ou lenço, evitando o contato direto. No entanto, pode ser necessário tocar em algumas coisas, como a tranca e a maçaneta. Assim que tocar nesses lugares, evite levar as mãos aos olhos, nariz e boca, e lave-as assim que possível.

    Lavar as mãos é indispensável, tanto depois de usar banheiros coletivos como dentro de casa, utilizando água e sabão. Depois, se possível e se necessário, utilize uma toalha de papel para desligar a torneira. Caso não tenha como lavar as mãos, use muito álcool em gel! Afinal, existem mais chances de contaminação devido às mãos sujas do que por sentar no vaso sanitário.

    4) Seque as mãos corretamente

    A forma correta de secar as mãos é utilizando papel toalha, pois as toalhas de pano acumulam sujeiras e umidade, tornando o ambiente favorável à proliferação de micro-organismos. Outra forma de secagem que deve ser evitada são as máquinas secadoras, pois elas ajudam a espalhar sujeira ou até mesmo partículas de fezes presentes no ar, e podem sujar as mãos novamente. Por isso, a melhor opção é o papel toalha.

    5) Utilize produtos de higienização

    Além dos cuidados que citamos acima, você também pode utilizar produtos para higienizar o ambiente. Alguns dos mais utilizados e com maior eficácia são: protetores de assento, lenços antissépticos e álcool em gel.

    Utilizar os produtos adequados ajuda não somente na limpeza do local, mas também na desinfecção, contribuindo para a prevenção de doenças que poderiam ser adquiridas em ambientes públicos. 

    Embora as bactérias presentes não causem tanto risco de infecção, sendo mais relacionadas com problemas de pele, ainda assim é muito importante tomar cuidado, dando atenção especial à higiene das mãos após a utilização do banheiro.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.