Pular para o conteúdo

Rastreador veicular vale a pena?

    rastreador veicular

    Nos tempos atuais, a otimização de serviços em todos os segmentos se faz necessária, e para ter agilidade e segurança nas entregas das empresas ou dos negócios pessoais, o investimento em um rastreador veicular é uma alternativa.

    Tanto para a prevenção de furtos ou assaltos, quanto para garantir a aplicação da política social de uma empresa, como a velocidade com a qual um empregado conduz um veículo ou o monitoramento do percurso, essa ferramenta mostrou o seu grande potencial.

    Quando for pensar na manutenção de peças, troca de frotas ou na possibilidade de uma requalificação cilindro gnv dos carros, o dono de empresas de transporte deve, sem falta, investir em um serviço de rastreio veicular para o seu negócio.

    Mais do que isso, o uso dos rastreadores está crescendo a cada dia que passa entre os proprietários de veículos de uso familiar ou esportivo, de maneira que esse serviço favorece o trabalho das autoridades e dificulta a ação dos criminosos.

    O fato da informação sobre o rastreamento estar presente em um adesivo para van gera valor, credibilidade e confiança para quem a contrata, seja para transporte de pessoas ou cargas, e gera o receio daqueles que possuem más intenções durante esses percursos.

    Para informar mais sobre essas vantagens e necessidades, o presente artigo trará informações sobre os rastreadores veiculares, explicando o que eles são e listando as maiores vantagens de contratar esse tipo de serviço.

    Seja para carros particulares ou veículos de uso corporativo, ao final da leitura será possível entender não só como o rastreador veicular vale a pena.

    Mas sim, que esse serviço possui uma importância tão grande quanto uma manutenção automotiva do tipo martelinho de ouro oficina.

    Rastreador veicular: do que se trata?

    O rastreador veicular é uma tecnologia que possibilita que alguém, independente da distância, tenha conhecimento de onde um carro está. Estão inclusos nos atendimentos do serviço também outros veículos, como motos, caminhões e carretas.

    Para que esse mecanismo se desenvolva, é necessária a atuação de três peças importantes. A primeira delas é aquele dispositivo que deve ser conectado ao veículo no momento da instalação, conhecido como rastreador veicular

    Esse dispositivo deve estar presente em todo veículo que contrata um serviço de rastreamento, e muitas vezes não é mostrado onde está sendo instalado ao dono, por questões de segurança.

    Tal tipo de dispositivo pode ser posto em locais de difícil acesso no veículo, de maneira que até ao fazer um aluguel de limousine de aniversário infantil é possível contar com a presença dessa ferramenta, estando longe do alcance das crianças.

    O segundo componente fundamental é o sistema que se comunica com o aparelho de rastreio da localização do automóvel e informa os demais dados.

    O terceiro é uma tecnologia que serve como meio para que o rastreador do veículo possa conversar com esse sistema, e que garante que as informações cheguem ao seu destino.

    Esse sistema é responsável pela transmissão da localização do veículo até o usuário que deseja conhecê-la.

    Conseguir localizar a si mesmo e àqueles sobre quem se tem responsabilidade é um desejo antigo dos seres humanos que hoje está sendo realizado. Com o crescimento da variedade de meios de transporte, essa necessidade assume dimensões maiores.

    Tanto o indivíduo que quer ter a segurança de que o seu carro está protegido, quanto o comprador que deseja saber por onde anda aquela encomenda que foi pedida pela internet, ambos testemunham a favor da importância dessa tecnologia que explodiu no mercado.

    Funcionamento da ferramenta

    O rastreador veicular, na grande maioria das vezes, consiste em um aparelho de um tamanho que cabe na palma da mão.

    Ele se conecta a um automóvel através de um meio conhecido como ODB, cuja sigla inglesa se refere a On Board Diagnostic, e que se traduz como diagnóstico a bordo.

    No território nacional, desde o ano de 2010, se tornou obrigatório os automóveis possuírem uma entrada própria para a tecnologia. Nessa mesma entrada, a ferramenta de rastreio pode ser espetada.

    Uma vez conectado ao veículo, esse rastreador pode mandar informações à uma rede, notificando a localização do veículo em cada momento, dividido em horários específicos.

    Isso significa que, no critério de segurança para a vida privada, apostar em um rastreador veicular é tão interessante quanto comprar um vidro temperado para carro, ou mesmo instalar vidros blindados.

    Entre o uso corporativo da ferramenta, especialmente para o rastreamento de frotas, a tecnologia sempre usada é a de GPS, sigla que significa, em português, em Sistema de Posicionamento Global.

    Essas ferramentas fazem o rastreio de um veículo através da comunicação em uma rede de satélites que ficam espalhados na órbita da Terra.

    Funcionamento dos GPS

    São justamente esses dispositivos que auxiliam o rastreador a conhecer a localização de um automóvel. A diferença está na forma como são passadas essas informações, sendo agora do GPS para uma central.

    Muitas vezes, o GPS é tido como um rastreador de comunicação via satélite, quando existe uma diferença.

    Esse tipo de serviço de rastreamento trabalha enviando os sinais para uma rede de satélites que distribuem a localização captada através do GPS presente no veículo para a central.

    Já o sistema de rastreamento via satélite, apesar de funcionar adequadamente em locais abertos, é um serviço caro, além de não transmitir as respostas em tempo real.

    Com uma precisão menor, mas tendo o potencial de funcionamento em locais com grande perímetro preenchido por árvores ou paredes e subsolos, o sistema de radiofrequência é muito usado.

    Nessa circunstância, o sinal é emitido através de algumas antenas de rádio. Por meio de uma triangulação da localidade dessas antenas e inserindo a intensidade dos sinais no cálculo, é possível determinar a posição do veículo através deste sistema.

    Transmissões via internet

    Os mais novos modelos de rastreador, dispostos de conexão à internet, são capazes de repassar todos os dados de maneira online e em tempo real, através de uma tecnologia chamada M2M/GSM.

    Com ela, são usados sinais de antenas de telefone para transmitir todos os dados. Nesse sentido, multiplicam-se as chances de uma maior proximidade do tempo real perfeito da localidade do automóvel.

    Além disso, mais um grande benefício dessa transmissão feita via internet é a capacidade de reter dados captados através de telemetria, uma vez que, quando essa outra tecnologia é  agregada à gestão de frotas, se torna possível obter mais informações.

    De gasto de combustível ao desgaste dos pneus e o nível de óleo, informações extremamente importantes sobre o funcionamento do veículo são obtidas para avaliação das empresas.

    Qual o objetivo do rastreamento veicular?

    A principal função do rastreador veicular é fornecer os dados acerca da localização exata de um automóvel, sejam veículos pessoais ou carros, motos e veículos pesados das empresas.

    Além da segurança, a identificação de rastreamento particular presente no veículo de uma empresa proporciona um valor profissional estético favorável à empresa. É um efeito tão positivo quanto uma placa de identificação de salas personalizada em um consultório.

    Com a vantagem de que a sensação de proteção supera os benefícios das demais formas de informar o consumidor.

    Além disso, a funcionalidade dos rastreadores trabalham a favor de dois fatores. O primeiro deles, como já foi citado, é a segurança. Já o segundo é a praticidade e eficiência para deslocamentos mais rápidos.

    Pois, tendo os dados da posição do veículo, é possível não só encontrar um carro roubado ou um motorista sequestrado, mas também definir rotas rápidas para um trajeto mais curto até o destino final.

    Apoiado por outras tecnologias, que fornecem um acompanhamento do trânsito local em tempo real, é possível desviar de vias travadas com o auxílio do rastreador.

    Vantagens de usar um rastreador veicular

    Até agora, foi possível ver no texto como o uso dos rastreadores veiculares são importantes e como eles consistem em uma enorme vantagem para uma melhor condução de automóveis e gerenciamento deles nas empresas.

    É possível até mesmo dizer que sem molas de suspensão automotiva de qualidade e sem rastreadores, uma empresa renomada não pode manter a sua frota em dia e alinhada com os padrões corporativos atuais.

    Com a necessidade de conscientizar os consumidores sobre a sua importância, é possível listar sete vantagens objetivas no serviço de rastreamento veicular:

    1. Diminuição no valor do seguro;
    2. Maior chance de recuperar um veículo;
    3. Fácil instalação;
    4. Otimização do monitoramento das frotas;
    5. Valores acessíveis;
    6. Auxílio no socorro do usuário;
    7. Maior valor percebido.

    Apostar nos rastreadores consiste em um investimento barato e que, somado ao seguro do automóvel, acaba diminuindo mais ainda o valor de ambos.

    O serviço possui uma utilidade pública e social, uma vez que não só ajuda na recuperação de veículos roubados, como possibilita que as vítimas sejam socorridas mais rapidamente, otimizando o trabalho das autoridades e salvando vidas.

    É um serviço de simples instalação que satisfaz tanto as necessidades da esfera pessoal quanto de uma empresa, auxiliando na gestão dos veículos e no andamento das entregas.

    Por fim, o serviço de rastreamento aumenta o valor de um negócio, do ponto de vista da identidade visual. Tal como um folder de salão de beleza, a identificação de que um carro é rastreado transmite segurança a quem está próximo e autoridade à empresa.

    Considerações finais

    O rastreador veicular é um recurso que vale muito a pena. Aumentando a segurança, credibilidade e a organização das empresas, ou até servindo bem ao indivíduo que deseja proteger a sua família, esse serviço está se tornando cada dia mais utilizado.

    Muito mais do que um gasto extra na aquisição de um veículo, o investimento nos rastreadores se mostrou um serviço de primeira necessidade.

    Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.